Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘caverna’

Por: Álvaro Sales e Anna Cristina Machado – Dê crédito aos autores!

Resumo

O objetivo do presente trabalho é a verificação da atividade turística nos municípios de Sete Lagoas e Cordisburgo, Minas Gerais, de maneira a conhecer e avaliar como seus atrativos têm sido trabalhados no sentido de envolver o turista e fazer com que ele estabeleça uma relação respeitosa e cuidadosa com esses locais. Para isso, foram realizadas revisões nos conceitos de topofilia, topofobia e geoturismo, assim como um trabalho de campo que resultou numa caracterização para melhor conhecimento da região e na observação in locu da percepção dos habitantes locais sobre a área de estudo. Por fim, propomos algumas ações que podem otimizar a atividade turística nos dois municípios, tanto para o turista, quanto para o espaço em si.

Palavras-chave: carste, geoturismo, topofilia.

Gruta Rei do Mato

Gruta Rei do Mato

1 Introdução

O presente artigo é fruto de um trabalho de campo realizado nos municípios de Sete Lagoas e Cordisburgo nos dias 27 e 28 de outubro de 2007. Foram visitados alguns locais, incluindo pontos turísticos já consolidados, e aplicados questionários de percepção da paisagem junto à população local.

Os municípios de Sete Lagoas e Cordisburgo estão localizados próximos à Belo Horizonte, com distâncias de 76 km e 113 km aproximadamente. Estão inseridos numa área geológica chamada de carste, com presença de grutas e dolinas. Sete Lagoas constitui um pólo econômico representativo no estado de Minas Gerais e Cordisburgo, possui a pecuária e agricultura como principais atividades econômicas. Turisticamente falando, as duas cidades estão inseridas no Circuito Turístico das Grutas, divisão essa que divide o estado em circuitos a partir de características físicas, culturais e/ou econômicas.

Dessa forma, propomos neste artigo pontos de visitação turística nos dois municípios. Esses pontos foram definidos e embasados a partir do geoturismo, que se utiliza de características geográficas e culturais para definir atrativos turísticos. Assim, é feita uma caracterização geográfica da região, seguida da conceituação de termos relacionados à percepção da paisagem, para determinar pontos com enfoque em geoturismo.

Bookmark and Share

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Por: Rodrigo Moreira Magalhães e Luísa Lagoeiro Ferreira – Dê crédito aos autores!

Alternativas de Visitação para o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

RESUMO

Resultados finais do projeto Alternativas de visitação para o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu (PNCP), desenvolvido no ano de 2007, pelos alunos Rodrigo Moreira Magalhães e Luísa Lagoeiro Ferreira. O Parque está localizado na região Norte de Minas Gerais, mais precisamente entre os municípios de Januária, Itacarambi e São João das Missões, e tem, como principal atrativo, a visitação de cavernas. O projeto teve como objetivo propor novas modalidades turísticas que poderiam ser desenvolvidas no PNCP, de forma a diversificar seus atrativos e oferecer novas alternativas de renda para a população de seu entorno.

Palavras-chave: Parque Nacional Peruaçu, uso público.

Para ler o documento na integra, clique aqui.

Não se esqueça de dar crédito aos autores!

Compartilhe!
Bookmark and Share

Read Full Post »