Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Extrema’ Category

Por: Danielle Carvalho, Lucilene Batista Lopes, Wallace Faria, Filipe Costa, Cléber, Evandro Brum, Vitor Kendi Iida Kosaka, Dener Henrique Fonseca e Ramon Vargas – Dê crédito aos autores!

1 Apresentação

Vemos que o turismo constitui uma atividade econômica e social importante na geração de renda e empregos no Brasil e no mundo, sendo observados benefícios principalmente nas regiões de destino. A realização da atividade turística, entretanto, pode acarretar em impactos negativos sobre a economia local (aumento do custo de vida, especulação imobiliária, instalação de empresas de fora da cidade, etc.) e sobre a vida social e cultural das comunidades locais (perda da identidade cultural da população, inserção de novos valores sociais e culturais, perturbação da ordem pública, etc.).

Os organismos governamentais têm se voltado para o planejamento e a regulamentação da atividade turística no âmbito local e regional, a fim de oferecer ao mercado turístico um produto formatado e de qualidade, que atenda às expectativas do consumidor, visando não só a sua consolidação no mercado como também a atuação em novos mercados para, dessa forma, atrair um maior número de turistas e assim promover o desenvolvimento social e econômico da região. Com isso, o turismo vem ocupando um espaço cada vez maior nas decisões sobre a elaboração e adoção de políticas públicas e no planejamento urbano, tendo em vista a necessidade da execução de medidas que garantam a sustentabilidade da atividade turística.

Extrema On Line

Fonte: Extrema On Line

2 Justificativa

O turismo é apontado como uma alternativa econômica, principalmente para as regiões onde não há mais a possibilidade de expansão da fronteira agrícola, do parque industrial ou de crescimento do setor terciário (comércio e prestação de serviços), constituindo uma fonte de renda alternativa e complementar para a população local e aumentando a renda dos municípios localizados nas regiões com potencial turístico.

A reunião dos atrativos existentes em conjunto com os serviços oferecidos na formatação de um produto turístico, constitui o destino turístico. Para a inserção da comunidade neste processo, obrigatoriamente devem existir políticas públicas voltadas à sua inserção, incentivo ao investimento no setor, regulamentação e fiscalização da atividade turística a ser praticada na região.

Com o trabalho realizado, busca-se através de um diagnóstico da cidade, nos mais diversos âmbitos, elaborar um prognóstico que contenha medidas a fim de otimizar as ações do poder público e permear as ações do setor privado reduzindo os gastos com a execução destas ações, além de inserir a comunidade local, introduzindo o município no âmbito regional de desenvolvimento turístico. O processo de formatação do produto turístico abrange a adoção de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da atividade turística (investimentos na infra-estrutura, incentivos ao investimento privado no setor, ações de preservação do patrimônio ambiental, histórico e cultural, além da fiscalização da atividade turística), o envolvimento da iniciativa privada na oferta e na qualidade dos serviços, a elaboração de estratégias de marketing aplicadas ao produto turístico do município (tendo em vista a segmentação do mercado, o público-alvo e o ambiente externo), e também a participação da comunidade local no desenvolvimento e na execução da atividade turística.

3 Metodologia

As obtenções das informações relevantes ao processo de elaboração do trabalho, ocorreram mediante a realização de visitas em campo, no município de Extrema (MG), no período compreendido entre os dias 17 e 21 de outubro de 2005. Também foram consultadas as informações contidas em jornais locais, publicações de folders turísticos, sítios em geral e do município na internet, além de consultas bibliográficas.

As informações para a elaboração deste trabalho foram obtidas através da observação empírica (direta e indireta) das características do município (considerando o contexto regional), da realização de entrevistas diretamente com os atores envolvidos no processo turístico (associações, empresas de diversos setores, o poder público municipal, a comunidade local e os turistas), do inventariado técnico da infra-estrutura local, dos atrativos turísticos e dos serviços ofertados. Em nível de gabinete foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre o referencial teórico no qual está embasada a elaboração deste trabalho.


Bookmark and Share

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »